Próximo dia 22 de março será marcado por atos em diversas cidades do Brasil

Denominado Dia Nacional de Luta em Defesa da Previdência, a próxima sexta-feira (22) será marcada por atividades e atos das trabalhadoras e dos trabalhadores brasileiros em diversas cidades do país contra a proposta de Reforma da Previdência apresentada pelo Governo Bolsonaro (PSL).

No Rio Grande do Sul, em ao menos 8 cidades ocorrerão atos e atividades organizadas pelas entidades representativas das trabalhadoras e dos trabalhadores, bem como pelas Centrais Sindicais. Em Porto Alegre, o ato está marcado para começar a partir das 18 horas, na Esquina Democrática.

A Reforma da Previdência apresentada pelo Governo Bolsonaro (PSL) significa um aprofundamento da perda de direitos das trabalhadoras e dos trabalhadores brasileiros. Para o serviço público, essa reforma prevê medidas como a taxação extraordinária nos vencimentos dos servidores em até 8%, além da alíquota já paga. Se implantada pelos governadores, representaria um desconto de até 22% nos contracheques, algo inaceitável. Por isso e por todos os danos que essa reforma pode causar (alterações no BPC; fixação de idade mínima, sem levar em conta o tempo de contribuição para a trabalhadora e para o trabalhador privado; etc), o SINDPERS chama a categoria a somar-se nos atos contra a Reforma da Previdência que ocorrerão em várias cidades do estado.