Na terça-feira (16), o Coordenador-Geral do Sindpers, Thomas Nicolas Vieira, reuniu-se com o do Defensor Público-Geral do Estado (DPG), Cristiano Vieira Heerdt, no gabinete da Defensoria. Thomas entregou as cartas abertas, que sugerem a abertura de negociações. De acordo com o coordenador, a reunião foi positiva e a expectativa é que haja uma proposta por parte do gabinete. Entre os assuntos abordados, a questão de Analistas Processuais receberem processos de substituição em outras Comarcas, por parte dos seus chefes, atualmente a orientação da Subdefensoria Pública-Geral para Assuntos Administrativos é que os processos devem ser feitos, pois são servidores da Defensoria. No entanto, o próprio Defensor Público-Geral tem dúvidas quanto a isso e prometeu reabrir a discussão, no âmbito da Administração, a fim de expedir nova orientação.

A reposição salarial também foi pauta, com relato sobre a tramitação do PL na Assembleia Legislativa. Thomas explicou os contratempos, e verificou que as chefias também estão preocupadas com a nova composição da Assembleia. Também a redução dos horários de atendimento ao público para seis horas diárias, garantindo duas horas para realizar trabalhos administrativos, foram levantadas. O DPG informou que essa sugestão foi levantada no encontro dos Servidores, ocorrido na metade do ano e que pretendem implantar todas as questões exequíveis. O sorteio do pessoal da Sede para Plantão durante o Recesso Forense também foi assunto e Thomas pediu que o sorteio fosse feito de forma pública, o que foi atendido de pronto, com o compromisso da Administração de convidar os Servidores interessados para acompanhar esse sorteio.