Dos mais de 100 servidores que participaram da apresentação da Pesquisa de Clima Organizacional da DPE na última sexta-feira (31), na Faculdade Monteiro Lobato, a maioria vestia preto, em referência às mobilizações do SINDPERS pela recuperação das perdas salariais.

Quase todos também subscreveram a Carta Aberta dos Servidores e Servidoras da DPE ao Defensor Público-Geral do Estado, requerendo a abertura de negociação pela reposição dos salários dos servidores e servidoras da instituição do período de 2011 a 2014. Ainda há tempo para aqueles que não assinaram o documento. Para participar da mobilização, é necessário imprimir a Carta, assinar e entregar à direção do SINDPERS em meio físico, ou enviar escaneada para o e-mail: sindpers@sindpers.org.br

Faça aqui o download da Carta

O coordenador-geral do SINDPERS, Thomas Nicolas Vieira, saudou a iniciativa dos colegas, que estão mobilizados, junto com o sindicato, na pauta da reposição. “É fundamental e indispensável o apoio e participação dos servidores nas pautas do sindicato, cuja existência se ampara justamente em defender os interesses e direitos dos servidores. A pauta da reposição salarial é importantíssima, não apenas pela justa e legal adequação salarial, mas principalmente porque diz respeito à nossa valorização enquanto servidores, porque revela o tamanho do nosso relevo para as administrações que passam pela instituição. Não é à toa que sistematicamente perdemos colegas para outras instituições públicas, como TJ e MP. Aparentemente, valorizar servidores para que ofereçam à população uma prestação de serviço melhor a cada dia, não é uma preocupação da administração da DPE. A rotatividade de servidores não parece ser um problema, a descontinuidade do trabalho de um servidor, não parece ser um problema, para falarmos o mínimo. É por isso que contamos com a participação, cada vez maior, dos servidores e servidoras, para fazermos pressão e conquistar nossos direitos e o respeito da administração”, considerou.