Os servidores da Defensoria Pùblica do Estado obtiveram uma grande vitória com a publicação, na última terça-feira (19), da resolução nº 10/2018, que estabelece critérios para nomeação, posse, lotação e movimentação do quadro de Pessoal da entidade. Conforme o coordenador-geral do Sindpers, Thomas Nicolas Vieira, a iniciativa foi um passo positivo para a efetivação dos direitos dos servidores. “Esse assunto sempre foi pautado pelo sindicato junto à administração, e agora o pleito dos servidores foi atendido. É uma grande conquista para todos nós, pois viabiliza a mobilidade com menores dificuldades, além de assegurar os direitos de todos”, avaliou.

De acordo com o documento, fica criado o Cadastro Permanente de Interesse à Movimentação (CadPIM), ferramenta de Gestão de Pessoas que tem por finalidade gerenciar as remoções a pedido dos servidores. O CadPIM contará com o registro de todos os técnicos e analistas que manifestaram interesse em remover-se para vaga diversa de sua lotação. Para ser incluído no cadastro, o servidor deverá preencher a Manifestação de Interesse em Remoção no Sistema Workflow. Constará no sistema todas as vagas previstas no Plano de Lotação de Servidores, independente de sua disponibilidade, cabendo ao servidor selecionar aquelas de seu interesse, classificando-as por ordem de preferência.

A íntegra do documento pode ser acessada aqui [download id=”8121″]