O SINDPERS informa à categoria o cancelamento da assembleia geral unificada com os servidores da Defensoria Pública, Judiciário, Tribunal de Contas do Estado, Assembleia Legislativa e Ministério Público que seria realizada na sexta-feira, dia 18, em frente ao TJRS, em Porto Alegre.

O cancelamento decorreu da confirmação de que o Sindjus, que representa os servidores do judiciário, não participaria mais da assembleia, apesar da atividade ter sido definida em reunião da qual participaram todas as entidades, inclusive o Sindjus e outras associações que representam servidores do TJRS.

O Sindicato dos Servidores do Ministério Público chegou a defender a possibilidade de que as demais entidades mantivessem a assembleia, mas ficou isolado neste posicionamento, tendo o apoio apenas do SINDPERS. Assim, como o movimento ficaria fragilizado, optou-se por cancelar a assembleia.

Reiteramos a importância de os servidores acompanharem os movimentos e assim que forem agendadas as atividades, se organizem para participar. Precisamos mostrar disposição de lutar pelos nossos direitos e para isso devemos estar cada vez mais unidos. Todas as decisões devem ser tomadas coletivamente, para de fato representarem a vontade da maioria dos servidores. Será esta unidade que nos fortalecerá frente aos ataques do governo Sartori e do governo federal, com as reformas da previdência, trabalhista e a terceirização.